Tabuada de Subtrair

2
anúncios:

A tabuada é ensinada nos primeiros anos de escola, como uma operação de matemática que é representado pelo sinal de menos ( – ), ou a grosso modo um traço.

A tabuada foi desenvolvida para facilitar a vida das pessoas, principalmente nas questões comerciais, onde é necessário até hoje, dar troco ou mesmo contagem de estoque, até mesmo na lista de compra do supermercado, esses são exemplos simples, mas pode ser aplicado em muitas outras coisas.

A estrutura serve para que seja facilmente memorizada e que seja fácil o manuseio no dia a dia, para evitar pequenas contas nos dedos em rascunhos de papeis.

anúncios:


A organização dos números no formato de tabela matemática, serve para definir a operação que será realizada, no nosso caso subtração, para facilitar nossa memorização é utilizado estruturas de 1 a 10.

anúncios:

tabuada de subtrair

Na matemática ainda há outras operações, como mais, vezes e dividir e estrutura pode ser alterada para a operação que desejar.

anúncios:

Tabuada de Subtração do 1 ao 20

TABUADA DO 1 TABUADA DO 2 TABUADA DO 3 TABUADA DO 4 TABUADA DO 5
1 – 1 = 0
2 – 1 = 1
3 – 1 = 2
4 – 1 = 3
5 – 1 = 4
6 – 1 = 5
7 – 1 = 6
8 – 1 = 7
9 – 1 = 8
10 – 1 = 9
11 – 1 = 10
2 – 2 = 0
3 – 2 = 1
4 – 2 = 2
5 – 2 = 3
6 – 2 = 4
7 – 2 = 5
8 – 2 = 6
9 – 2 = 7
10 – 2 = 8
11 – 2 = 9
12 – 2 = 10
3 – 3 = 0
4 – 3 = 1
5 – 3 = 2
6 – 3 = 3
7 – 3 = 4
8 – 3 = 5
9 – 3 = 6
10 – 3 = 7
11 – 3 = 8
12 – 3 = 9
13 – 3 = 10
4 – 4 = 0
5 – 4 = 1
6 – 4 = 2
7 – 4 = 3
8 – 4 = 4
9 – 4 = 5
10 – 4 = 6
11 – 4 = 7
12 – 4 = 8
13 – 4 = 9
14 – 4 = 10
5 – 5 = 0
6 – 5 = 1
7 – 5 = 2
8 – 5 = 3
9 – 5 = 4
10 – 5 = 5
11 – 5 = 6
12 – 5 = 7
13 – 5 = 8
14 – 5 = 9
15 – 5 = 10
TABUADA DO 6 TABUADA DO 7 TABUADA DO 8 TABUADA DO 9 TABUADA DO 10
6 – 6 = 0
7 – 6 = 1
8 – 6 = 2
9 – 6 = 3
10 – 6 = 4
11 – 6 = 5
12 – 6 = 6
13 – 6 = 7
14 – 6 = 8
15 – 6 = 9
16 – 6 = 10
7 – 7 = 0
8 – 7 = 1
9 – 7 = 2
10 – 7 = 3
11 – 7 = 4
12 – 7 = 5
13 – 7 = 6
14 – 7 = 7
15 – 7 = 8
16 – 7 = 9
17 – 7 = 10
8 – 8 = 0
9 – 8 = 1
10 – 8 = 2
11 – 8 = 3
12 – 8 = 4
13 – 8 = 5
14 – 8 = 6
15 – 8 = 7
16 – 8 = 8
17 – 8 = 9
18 – 8 = 10
9 – 9 = 0
10 – 9 = 1
11 – 9 = 2
12 – 9 = 3
13 – 9 = 4
14 – 9 = 5
15 – 9 = 6
16 – 9 = 7
17 – 9 = 8
18 – 9 = 9
19 – 9 = 10
10 – 10 = 0
11 – 10 = 1
12 – 10 = 2
13 – 10 = 3
14 – 10 = 4
15 – 10 = 5
16 – 10 = 6
17 – 10 = 7
18 – 10 = 8
19 – 10 = 9
20 – 10 = 10
TABUADA DO 11 TABUADA DO 12 TABUADA DO 13 TABUADA DO 14 TABUADA DO 15
11 – 11 = 0
12 – 11 = 1
13 – 11 = 2
14 – 11 = 3
15 – 11 = 4
16 – 11 = 5
17 – 11 = 6
18 – 11 = 7
19 – 11 = 8
20 – 11 = 9
21 – 11 = 10
12 – 12 = 0
13 – 12 = 1
14 – 12 = 2
15 – 12 = 3
16 – 12 = 4
17 – 12 = 5
18 – 12 = 6
19 – 12 = 7
20 – 12 = 8
21 – 12 = 9
22 – 12 = 10
13 – 13 = 0
14 – 13 = 1
15 – 13 = 2
16 – 13 = 3
17 – 13 = 4
18 – 13 = 5
19 – 13 = 6
20 – 13 = 7
21 – 13 = 8
22 – 13 = 9
23 – 13 = 10
14 – 14 = 0
15 – 14 = 1
16 – 14 = 2
17 – 14 = 3
18 – 14 = 4
19 – 14 = 5
20 – 14 = 6
21 – 14 = 7
22 – 14 = 8
23 – 14 = 9
24 – 14 = 10
15 – 15 = 0
16 – 15 = 1
17 – 15 = 2
18 – 15 = 3
19 – 15 = 4
20 – 15 = 5
21 – 15 = 6
22 – 15 = 7
23 – 15 = 8
24 – 15 = 9
25 – 15 = 10
TABUADA DO 16 TABUADA DO 17 TABUADA DO 18 TABUADA DO 19 TABUADA DO 20
16 – 16 = 0
17 – 16 = 1
18 – 16 = 2
19 – 16 = 3
20 – 16 = 4
21 – 16 = 5
22 – 16 = 6
23 – 16 = 7
24 – 16 = 8
25 – 16 = 9
26 – 16 = 10
17 – 17 = 0
18 – 17 = 1
19 – 17 = 2
20 – 17 = 3
21 – 17 = 4
22 – 17 = 5
23 – 17 = 6
24 – 17 = 7
25 – 17 = 8
26 – 17 = 9
27 – 17 = 10
18 – 18 = 0
19 – 18 = 1
20 – 18 = 2
21 – 18 = 3
22 – 18 = 4
23 – 18 = 5
24 – 18 = 6
25 – 18 = 7
26 – 18 = 8
27 – 18 = 9
28 – 18 = 10
19 – 19 = 0
20 – 19 = 1
21 – 19 = 2
22 – 19 = 3
23 – 19 = 4
24 – 19 = 5
25 – 19 = 6
26 – 19 = 7
27 – 19 = 8
28 – 19 = 9
29 – 19 = 10
20 – 20 = 0
21 – 20 = 1
22 – 20 = 2
23 – 20 = 3
24 – 20 = 4
25 – 20 = 5
26 – 20 = 6
27 – 20 = 7
28 – 20 = 8
29 – 20 = 9
30 – 20 = 10

Você pode observar que a tabuada inicia e no mesmo número que a que se refere, por exemplo, se a tabuada é do 3, ela começa no 3 e não no número 1, isso porque você não pode tirar 3 itens de 1.

Até poderia, mas a equação já subiria de nível passando a trabalhar com números negativos, mas isso fica para outro assunto.

Apesar de virmos a tabuada de subtração, vamos lembrar como é feito realmente a conta, com o passar do tempo, esquecemos algumas operações, então vamos relembrar.

Como funciona a Subtração

Pode parecer estranho dizer isso a você, mas é a operação contrária a soma ou adição, onde adicionamos um número desejado a outro montante, talvez você até tenha lembrado do período escolar ou do seu professor falando.

Em poucas palavras, a subtração é a retirada ou redução numérica de um determinado montante ou grupo de números, acho que você deve lembrar daquele exemplo:

João tinha 3 laranjas e comeu 1 laranja, com quantas laranjas João ficou?

R: Restaram 2 laranjas.

A operação matemática de subtrair não é complicada, basta entender seus princípios, assim facilmente poderá fazer contas e aplicá-las no seu dia a dia.

‘Emprestar’ na subtração

A subtração pode ficar um pouco mais complicado, essa regra aqui dá um nó na cabeça de muita gente, mas vamos desvendar isso hoje.

Nem sempre na matemática os números vêm na mesma ordem, é certo que a ordem dos fatores não altera o produto, mas na forma mais complexa é melhor deixar do jeito que está.

Na tabuada de subtração os números são de 1 a 10, agora quando os números passam disso, como fazer o cálculo?

Tentamos usar de forma isolada a mesma organização da tabuada de Pitágoras, que é um formato deitado.

Então vamos a um exemplo:

Se eu tenho R$ 72,00 e tenho que pagar R$ 38,00 que peguei emprestado, quanto me sobra?

Logo a conta será:

72-38 = 34

Para chegar nesse resultado podemos resolver a conta de duas formas.

  1. A primeira é fazer 7 grupos de 10 e mais dois itens, no total de 72, logo você risca 3 dos 7 que você criou, que seria correspondente a 30, ficando com 40. Após isso você pode subtrair 8 de 10 que ao final sobra 2, assim poderá contar quantos itens sobrou ao fim da equação.
  2. A segunda é o empresta 1 ou vai 1, essa técnica é fácil de ser assimilada, mas exige um pouco de atenção.

Mentalmente separe as dezenas transformando em 6 grupos, logo você risca como está no desenho acima.

Essa dezena será agrupada, ao número anterior, para que seja maior que o subtraente, ou seja, para que seja maior que o número que esta subtraindo.

Logo o número passa a ser reconhecido como 12, assim pode tirar facilmente 8 de 12, sobrando ao final 4

As operações matemáticas que envolve a subtração vão ainda mais além, como:

  • Operações com parênteses
  • Operação sem parênteses
  • Jogo de sinais
  • Números fracionados

Estes são os mais comuns, a matemática possui diversas aplicações em que possa ser utilizada a subtração, utilizando a tabuada é torna mais fácil o seu uso, principalmente na resolução das equações que estudamos em escolas, faculdades e cursos profissionalizantes que adotam esse tipo de cálculo para aprendizado.

Há um infinito de possibilidades na matemática, envolvendo operações de sinais, onde não é somente contas de mais, menos, vezes e dividir, esses talvez sejam apenas os fundamentos para contas mais complexas que existem no segmento matemático.

Veja também: Tabuada de Multiplicação

Contas que podem ser aplicadas em outras áreas como química, física e biologia, podendo ir mais a fundo, podendo estimar números e processos através de estatísticas e cálculos avançados, essas simples contas nos permite obter resultados que fazem a diferença e geram impactos em nosso dia a dia, talvez não percebamos, mas estão diretamente ligadas.

Agora que relembrou algumas operações matemáticas, ficou mais fácil estudar ou mesmo usar pequenas contas no dia a dia, se você gostou desse artigo compartilhe com amigos nas redes sociais ou comente aqui!

Deixe um comentário!

COMPARTILHAR

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA