Revolução Farroupilha

0
Revolução Farroupilha
4 (80%) 12 votes

Os conflitos ocorrem em todas as partes do mundo, no Brasil também tivemos alguns que são considerados históricos e importantes para serem estudados. No geral estes conflitos sempre estão ligados a interesses entre grupos distintos de indivíduos mais ou menos organizados.

farroupilha

anúncios:

As causas podem ser as mais variadas possíveis, sejam elas resultantes de um processo histórico, político, étnico, religioso ou cultural que envolvam invasão de territórios, detenção de riquezas e delimitação de fronteiras.

A maioria dos conflitos que ocorrem no mundo podem ser classificados como de origem interna, em outras palavras, podemos dizer que eles são decorrentes de guerras civis ou até mesmo entre lutas de forças militares, movimentos rebeldes ou forças separatistas.

anúncios:

No Brasil podemos citar eventos históricos de muita relevância como:

  • Guerra dos Canudos;
  • Conjuração Baiana;
  • Guerra dos Mascates;
  • Revolta dos Beckman;
  • Revolta de Felipe dos Santos;
  • Guerra dos Emboabas;
  • Inconfidência Mineira e a;
  • Revolução Farroupilha (que também é conhecida como Guerra dos Farrapos, que será o alvo do nosso estudo de hoje).

Revolução Farroupilha Causas

O objetivo deste artigo é abordar algumas informações mais importantes da Revolução Farroupilha, destacar também as causas e motivos que levaram ao evento de maneira simples e objetiva.

Revolução FarroupilhaA guerra dos farrapos começou como uma revolução regional contra o governo Imperial do Brasil na província de São Pedro no Rio Grande do Sul. O resultado foi a independência do estado republicano, passando a ser chamada de República do Rio-Grandense.

anúncios:

Os eventos ocorreram de 20 de setembro de 1835 a 1 de março de 1845, o país era comandado pelo Regente Feijó, sob o qual ficou conhecido como período Regencial.

Dentre as principais causas atreladas as guerras dos farrapos está o fator econômico, já que na época, a elite que sobrevivia do lucro do setor agropecuário começou a sofrer com a redução da taxa de impostos por parte do governo em cima dos produtos que vinham da Região do Prata, sob a alegação de que os preços eram excessivamente abusivos.

Não é novidade para ninguém que um dos motivos mais fortes para iniciar uma revolução é quando se trata de um problema no setor econômico, especialmente porque elite não suportava a ideia ver os seus negócios enfrentando dificuldades, com o agravante de que os mesmos se utilizavam dos recursos para manter o seu padrão de vida. A partir desta premissa que a tensão gerada criou um conflito que atingiria grandes proporções.

Veja Também: Cultura Africana

Revolução Farroupilha – Mais Informações

Com base nas novas atitudes do governo e a insatisfação gerada, o estancieiro Bento Gonçalves iniciou uma estrutura organizada para fazer com que o atual presidente provincial renunciasse. O movimento tomou toda a cidade de Porto Alegre exigindo que a Assembleia Legislativa estabelecesse um novo governo.

Os revolucionários que apoiavam a causa utilizavam um pedaço de pano vermelho em uma das partes da vestimenta para demonstrar a adesão à causa, foi exatamente por essa característica que o conflito recebeu o nome de Revolução Farroupilha, ou Guerra dos Farrapos.

Já com a consolidação da nova sede do Governo da República do Rio Grande do Sul, o novo alvo era Santa Catarina, sendo que em 1839 tomaram o estado formando a República Juliana.

Veja Também: Meios de Transporte Antigos

Giusepe Garibaldi era italiano e foi um dos responsáveis por garantir o sucesso nas batalhas ao fazer a condução das embarcações que partiram da Lagoa dos Patos até Tramandaí, atacando e eliminando todas as forças imperiais de surpresa.

Revolução Farroupilha: Líderes

farroupilha2

O Fim da Guerra dos Farrapos

Quem acabou com a revolta foi Luis Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, quando assumiu o cargo de presidente da província e utilizou estratégias para buscar explorar as fraquezas das forças farroupilhas.

Após três anos de intensas batalhas e muitas derroas, os “Farrapos” se viram forçados a aceitar as propostas feitas por Duque de Caxias colocando um fim à guerra no ano de 1845 marcado pela assinatura do Tratado de Poncho Verde, onde os estancieiros gaúchos garantiam a criação de um imposto que garantia 25% sobre toda a carne salgada proveniente da região platina.

Revolução Farroupilha – Aula em Vídeo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here