Instrumentos de Pagode

0
publicidade:

O Brasil é um país muito rico na questão de diversidade cultural, isso também se reflete em nossa música. O samba, por sua vez, foi introduzido no início do século XX e a bossa nova no início da década de 50, desses estilos sugiram muitas vertentes que caracterizam o estilo e costume do nosso povo, não é à toa que dizem que “a música é a porta da nossa alma”, pois através dela, revelamos como somos e o que sentimos.

O pagode é uma ramificação do estilo Samba. Teve as suas origens na década de 70, onde começou a tradição de rodas feitas nos “fundos de quintal”. O termo em questão estava associado às festas que se faziam em senzalas e posteriormente esteve ligado a qualquer uma que tivesse alegria, bebidas, e cantoria.

instrumentos-do-pagode

publicidade:

Basicamente o samba é acompanhado por instrumentos de percussão e corda. Há também o samba-exaltação e samba-gafieira, onde foram acrescentados os instrumentos de sopro.

publicidade:

Com o surgimento da nova geração de sambistas no início dos anos 80, houve uma inovação na forma de se fazer música criando a vertente batizada espontaneamente como “pagode”.

A popularidade do estilo no Brasil é muito grande. Um dos grupos mais icônicos foi o Exaltasamba. Ele foi formado em São Bernardo do Campo, na segunda metade da década de 80 e iniciou a carreira tocando nos bares do ABC paulista e encerrou as suas atividades no ano de 2012 onde lançaram 17 CDs e 4 DVDs que venderam mais que 8 milhões de discos.

Em 2016 retomou as suas atividades com o novo CD chamado “O Mundo Tá Girando”.

Dentre os primeiros pagodeiros do Brasil, estão: Almir Guineto, Zeca Pagodinho, Caprí, Deni de Lima, o grupo Fundo de Quintal, Jovelina Pérola Negra, Jorge Aragão, Mauro Diniz e Nei Lopes. Hoje as gravadoras apostam muito em artistas que optam por letras românticas e o uso de instrumentos eletrônicos com o intuito de competir até mesmo com artistas sertanejos.

Embora tenha se tornado tão ou mais popular que o pagode original, o pagode romântico é um pouco distante de suas originais feições.

Instrumentos de Pagode

tan-tan

Tan-tan: Uma espécie de tambor fino e comprido, muito semelhante ao atabaque. Ele fica apoiado na cintura do músico que pode utilizar as suas mãos para tocá-lo. O instrumento foi criado em nosso país, por isso não há interculturalidades.

tamborim

Tamborim: Menor e mais agudo instrumento da família dos tambores. Leva muito em consideração a criatividade do músico para criar as batidas utilizando as baquetas. O instrumento tem origem africana e também pode ser encontrado em orquestras.

pandeiro

Pandeiro: Não há como não associar samba ou pagode ao pandeiro, não é mesmo? Além do som que é gerado pelas batidas feitas em sua membrana, também há o barulho das soalhas (argolas que ficam presas por toda a volta do instrumento). Sem dúvidas, é uma das maiores referências em instrumento quando falamos em música brasileira.

recoreco

Reco-reco: Você mesmo pode construir um reco-reco. Basta utilizar um pedaço de bambu e abrir vários cortes, um ao lado do outro. Com uma vareta, basta passa-la sobre os cortes para gerar o som de “reco-reco”, o som repetido aliado aos outros instrumentos de percussão gera um efeito bem interessante e complementar.

violao

Violão: Indispensável nas rodas de pagode, samba e choro, é também um dos instrumentos mais importantes nos estilos citados, pois além da parte harmônica, utilizando acordes, é responsável pelos arranjos. O instrumento tem origem europeia, e é utilizado em diversos estilos musicais, até mesmo na música erudita.

Cavaquinho: Possui um som muito mais agudo que o violão e dispõe apenas de quatro cordas. Na verdade o instrumento é de origem portuguesa, mas sofreu diversas modificações até chegar naquele que conhecemos hoje.

publicidade:

Cuíca: Um instrumento muito peculiar. É muito semelhante a um tambor, mas com sonoridade totalmente diferente, sendo produzida pela mão que fica dentro do instrumento através de uma haste e com os dedos sobre a membrana, o músico pode controlar as notas musicais.

Deixe um comentário!

Anúncios:
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA