Emplacamento de Moto

0
anúncios:
anúncios:

Há duas formas de fazer o emplacamento de uma moto, através de despachante e pessoalmente no Detran.

No Detran é necessário comparecer e levar a moto até o local para emplacar, já no despachante, é mais prático para quem não tem tempo de ir até o Detran fazer o emplacamento de moto, isso porque um oficial vai até o local emplacar, deixando pronto, no entanto os valores, podem ultrapassar o orçamento.

Emplacamento Detran

O atendimento na maioria dos estados é feito com agendamento prévio, então acesso ao site do Detran da sua cidade, se você não sabe o endereço do Detran da sua cidade clique aqui e veja a lista completa de todos os Detran do Brasil.

publicidade:

O objetivo do emplacamento de moto, é registrar no banco de dados do estado, emitindo o certificado de registro do veículo(CRV), conhecido como recibo de compra e venda junto com o documento do licenciamento (CRLV).

anúncios:

Veja algumas dicas importantes:

emplacamento-de-motosO primeiro emplacamento pode ser feito pelo dono do veículo ou moto, na impossibilidade de comparecer, pode enviar um procurador, no próprio site tem o modelo de procuração simples.

anúncios:

O proprietário poderá andar com o veículo novo sem placa, por até 15 dias corridos após a emissão da nota, contrário isso cabe multa.

Emplacamento de Moto – Como Emplacar Uma Moto

  1. No dia agendado leve a nota fiscal emitida pela montadora ou revenda onde comprou a moto, leve a original e cópia.
  2. Termo de constatação fornecido pelas concessionárias autorizadas ou laudo de vistoria emitido pelo DETRAN
  3. Documentos de identificação original e cópia, com foto e em bom estado, contrário a isso será necessário emitir um novo documento de identificação, mas você pode usar os seguintes documentos:
    • Carteira de identidade;
    • Carteira de trabalho – CTPS;
    • Carteira do conselho de classe profissional;
    • Passaporte;
    • Outro documento público, com fotografia até 05 (cinco) anos, que permita a identificação do usuário

Se a moto pertencer a pessoa jurídica, é necessário acrescentar os seguintes documentos:

  • Cartão do CNPJ
  • Contrato social ou Estatuto da instituição, junto com ata de nomeação da diretoria, original e cópia.
  • Comprovante de endereço original e cópia em nome da empresa ou instituição.

Após apresentar todos os documentos, será cadastrada a moto no sistema do Detran, após isso será fornecido um boleto com as devidas taxas a serem pagas, lembrando que o valor pode variar de acordo com sua região.

Você pode consultar o valor no site do Detran da sua região, clique aqui e encontre o Detran da sua cidade e faça o emplacamento de moto.

Após pago as taxas apresentar ao funcionário atendente, que logo apresentará um documento autorizando você a comparecer no local indicado para emplacar, já com o número da placa, em algumas localidades esse processo pode mudar, podendo ser no próprio Detran.

Para emplacar uma moto 0 km é necessário pagar todos os débitos, criados que são:

  • IPVA: o valor é proporcional ao período de compra, dependendo de quando comprar não será muito, mas fique atento ao calendário de seu estado, poderá ser próximo o novo pagamento já em valor integral
  • DPVAT: conhecido como seguro obrigatório, em alguns estados é permitido parcelamento do valor, já que moto oferece um risco maior de acidentes, o seguro tem um valor diferente de carro, lembrando que se parcelar, é necessário quitar o débito antes de pegar o documento, ainda aguardar receber por correio.
  • Licenciamento: para que seja emitido o documento do ano é necessário pagar a taxa de licenciamento, o valor pode mudar de acordo com o estado, quer consultar o valor, acesso ao Detran do seu estado, clique aqui

Agora que já conhece o processo de emplacamento de moto através do Detran, vamos conhecer um pouco de como é feito através do despachante.

Emplacamento de Moto pelo Despachante

Para faze no despachante é necessário fazer uma cotação antes, porque cada estabelecimento cobra um valor diferente, então fique atento.

Após escolher a empresa que irá representar você, apresente os seguintes documentos:

  • Cópia NOTA FISCAL emitida pela montadora;
  • NOTA FISCAL da concessionaria (original);
  • Decalque de chassi (que geralmente é entregue no kit despachante ao retirar o veículo);
  • Comprovante de residência (cópia);
  • RG, CPF e/ou CNH (cópia).

O valor é um pouco maior que levando a moto ao estabelecimento, porque um lacrador oficial do Detran vai até o local onde está a moto e faz o emplacamento, deixando pronto para sair andando.

Essa é uma facilidade buscada para quem não tem tempo de comparecer no Detran, lembrando que os valores são bem diferentes, então se programe antes.

Agora que conhece o processo de emplacamento de moto ficou mais fácil de comprar a sua e emplacar, sem burocracia, indo direto ao ponto na hora de realizar o serviço

Se você tem um amigo que comprou uma moto e precisa emplacar, compartilhe esse artigo nas redes sociais e facebook, ajude a realizar o serviço de forma, rápida, fácil e prática,

Deixe um comentário!

anúncios:
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA