Anfepramona

1
anúncios:
anúncios:

Anfepramona

O desejo de emagrecer faz parte da vida de grande parte da população, mas nem todos possuem força de vontade o suficiente para lutar contra a balança. Alguns acabam apelando para dietas loucas ou para medicamentos sem nem se quer realizar uma consulta médica.

Em muitos casos, a automedicação, principalmente a automedicação com inibidores de apetite acabam trazendo graves consequências, pois em muitos casos o medicamento causa efeitos indesejados e efeitos graves, que prejudicam severamente a saúde de quem o administra.

publicidade:

Veja Também: Saiba como a Sibutramina age no seu corpo

anúncios:

Indicação e Efeitos do Anfepramona

A Anfepramona é um medicamento anorexígeno, ou seja, é um medicamento inibidor de apetite que pode causar dependência. Por esse motivo, a Anvisa já proibiu a venda do medicamento, mas centros médicos pressionam constantemente a Anvisa para que haja a liberação do medicamento, pois é importante para o tratamento de indivíduos obesos.

Anfepramona

anúncios:

A anfepramona possui atividade similar a da anfetamina, sendo que age com menor potência. Dentre todos os medicamentos, a anfepramona é a mais potente dentre os medicamentos inibidores de apetite usados para o tratamento da obesidade. No Brasil o medicamento estava sendo muito utilizado por mulheres para emagrecer, mas estava sendo responsável por causar grande dependência.

Contraindicações e Cuidados da Anfepramona

Descobriu-se que a Anfepramona possui agentes que podem destruir os nervos ou tecidos nervosos e por isso ele só pode ser ingerido por no máximo doze semanas e com a orientação de um médico. É um medicamento muito potente e está contra-indicado para:

  • Hipertensão
  • Doença Cardiovascular
  • Arteriosclerose
  • Pacientes que tenham feito uso de drogas com componentes parecidos
  • Sensibilidade aos componentes da droga

Anfepramona

E ainda por cima junto com o apetite controlado vem uma enorme lista de efeitos colaterais que a Anfepramona pode causar como taquicardia, insônia, crises de ansiedade e pânico, boca seca, alterações de humor, falta de ar, hipertensão, euforia dependência, prisão de ventre e outros.

Por esta razão e pela dependência que a Anfepramona causa que o medicamento foi retirado do ramo farmacêutico pela ANVISA em 2011, e a partir de então não pode mais ser comercializado no Brasil.

Anfepramona Funciona?

Deixe um comentário!

anúncios:
COMPARTILHAR

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA